"Se você está pensando, 
Que eu estou me importando,
Claro que eu estou! 
Eu não sou feito essa gente,
Que ama e, de repente, 
Tchau, e se acabou…”

- Vinícius de Moraes.

"Talvez, ele passa a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram teus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você todos os dias, e ainda assim, preferir o silêncio. Ele pode reler teus bilhetes, procurar o teu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir suas músicas, procurar tua voz em outras vozes."

- Caio Fernando Abreu.

"Acho que está faltando um pouco de verdade nesse mundo. Falta fé. Falta você acreditar que pode agradar o outro sendo quem é. Sem ter que fazer mágica, já que a mágica está em poder viver bem consigo mesmo. E só."

- Clarissa Corrêa.

"Não dê importância à melhor roupa para vestir, à melhor frase para o primeiro encontro, às calorias que deve queimar, à melhor resposta para quem lhe ofendeu, às perguntas que precisa fazer para se autoconhecer. Chega de se autoconhecer. Deixe-se em paz."

- Martha Medeiros.

"Eu pensei que era capaz
De te inventar e não voltar atrás
Tanto faz, quem vai dizer
Quem não era diferente há 10 minutos atrás…”

- Thiago Pethit.

"O jeito de caminhar. O jeito de usar a camisa pra fora das calças. O jeito de passar a mão no cabelo. O jeito de suspirar no final das frases. O jeito de beijar. O jeito de sorrir. Vá tentar explicar isso!"

- Martha Medeiros.

"Então, eis a minha única curiosidade: você às vezes pensa nisso como eu penso? Com um suave aperto no coração?"

- Fernanda Young.

"O que tenho, nesse instante, é um sabor inédito de beijo, um novo número de celular para adicionar na minha agenda, uma cor de olhos que não sei definir com precisão, um corpo que se encaixa no meu e uma conversa que me mantém fascinada."

- Martha Medeiros.

"Os teus lábios em flagrante
O teu riso, o teu silêncio
Serão meus ainda e sempre.”

- Chico Buarque.

"Eu só queria que você me ligasse pra dizer que o mar é feito de lágrimas de saudades suas."

- Gabito Nunes.

"A carência nos cega, nos torna menos seletivos, buscando relacionamentos com o intuito de preencher lacunas e não construir vidas."

- Laís Montagnana.

"Sentir-se carente é natural, faz parte das idas e vindas da nossa vida. Mas, cada vez mais eu vejo crescer a incapacidade humana de lidar com a carência afetiva. Sabe, aquela fobia de ficar consigo mesmo? A inaptidão em estar só. O temor de “ficar sozinho”. Parece que estamos regredindo: ficamos ligados 24 horas em nossa “vida social virtual” pelo smartphone e desaprendemos a lidar com nós mesmos, a apreciar o silêncio e a própria companhia, a tirar proveito da solidão."

- Laís Montagnana.

Fica bem aí
Que essa luz comprida
Ficou tão bonita
Em você daqui…”

- Vagalumes Cegos - Cícero.

"Pelo menos alguma coisa eu devo ter feito certo. Porque tenho certeza que você vai lembrar de mim, ainda que não queira.”

- Caio Fernando Abreu.

"Eu não sei, mas acho que a gente olha e pensa: “Quero pra mim”. Mas dá um frio na barriga, um tremor, um medo de depender de alguém, de sofrer, de escolher errado, de lutar por algo que não vale a pena. Porque o coração nem sempre é mocinho. Foi por isso que corri, tentei fugir, mas quando tem que ser, não adianta, será." 

- Caio Fernando Abreu.